• Toca

Se eu cuido do outro, quem cuida de mim?

Como você encara seus momentos de autocuidado? Reservar um tempo para isso é um desafio e causa algum tipo de incômodo ou julgamento? Ou, você considera fácil manter esse hábito em sua rotina, sem maiores preocupações? Viver o autocuidado no dia a dia é um desafio, sobretudo para quem ainda não é habituado a isso. É muito fácil negligenciá-lo em favor de alguma outra demanda “mais urgente” ou “mais importante”. No entanto, precisamos ter sempre em mente que quando cuidamos de nós mesmos não estamos “perdendo tempo”. Pelo contrário! Cuidar do nosso corpo, da nossa saúde física, da nossa mente e espírito, do nosso interior e do nosso emocional é um investimento que fazemos em nós e por nós! É uma forma de respeitar quem somos e o corpo que habitamos. Para, aí sim, estarmos mais fortalecidos para encarar o nosso dia a dia muitas vezes puxado.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo